Inscrições abertas para o concurso da UFT

0
1258

Concurso UFT 2018 |

Aberto hoje o período de inscrição no Concurso UFT 2018: 20 vagas e salários de até R$ 4.180

Boa notícia para quem busca uma vaga na Universidade Federal do Tocantins-TO! Estão abertas as inscrições para o Concurso UFT 2018. São 20 vagas para profissionais de nível Médio, Técnico e Superior.

Os salários oferecidos variam de R$ 2.446 a R$ 4.180. As vagas do Concurso UFT 2018 são para os seguintes cargos:

  • NÍVEL MÉDIO E TÉCNICO:Técnico de Laboratório/ Área: Anatomia, Necropsia e Patologia Humana (1), Técnico de Laboratório/Área: Edificações (1), Técnico de Laboratório/Área: Fitossanidade (1), Técnico de Laboratório/Área: Herbário (1), Técnico de Laboratório/ Área: Morfofuncional (1), Técnico de Tecnologia da Informação (1), Técnico de Laboratório/Área:Geoprocessamento e Geocartografia (1), Assistente em Administração (1), Técnico em Agropecuária (1);
  • NÍVEL SUPERIOR: Analista de Tecnologia da Informação (1), Arquivista (1), Assistente Social (3), Bibliotecário/Documentalista (1). Engenheiro/Área: Civil (1), Engenheiro/Área: Elétrico (1), Pedagogo (1) e Administrador (2)

formação concurso uft 2018 vagas cargos e lotação concurso uft 2018 vagas cargos concurso uft 2018 vagas concurso uft 2018

Além do vencimento básico, o servidor poderá ter os seguintes benefícios: auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, saúde suplementar, incentivo à qualificação e outros, de acordo com a legislação em vigor.

As vagas são para profissionais com as seguintes formações: Administração, Arquivologia, Biblioteconomia, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Pedagogia, Serviço Social e Tecnologia da Informação.

Como fazer inscrição no Concurso UFT 2018

Para fazer a inscrição no Concurso da UFT é necessário fazer o cadastro no site da organizadora, a Copese/UFT (http://www.copese.uft.edu.br/index.php?option=com_content&task=view&id=275&Itemid=268).

O prazo para fazer a inscrição termina no dia 22 de abril de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 100 a R$ 130. O valor varia conforme o cargo escolhido.

Para quem deseja solicitar a isenção da taxa de inscrição o prazo é de 06/04/2018 a 10/04/2018.

Estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal –
CadÚnico, de que trata o Decreto 6.135, de 26 de junho de 2007; e II. For membro de família de baixa renda – aquela com renda familiar mensal per capita
de até meio salário mínimo, ou a que possua renda familiar mensal de até três salários
mínimos.

Verifique no Edital 2018-2 do Concurso UFT os critérios para fazer a solicitação.

Edital Concurso UFT 2018

Cotas de vagas

Das vagas destinadas a cada cargo/área e das que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 5% serão providas na forma do § 2º do artigo 5º da Lei nº 8.112 e o Decreto nº 3.298.

“Das vagas destinadas a cada cargo/área e das que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 20% serão providas na forma da Lei nº 12.990, de 9 de junho de 2014. Somente haverá reserva imediata de vagas para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos nos cargos/áreas com número de vagas igual ou superior a três.”

Provas do Concurso

As provas do Concurso UFT 2018 serão realizadas no dia 20 de maio de 2018 em local a ser divulgado pela Copese/UFT. Confira os horários das provas:

Horarios da prova concurso uft 2018

Vale ressaltar que as vagas do Concurso UFT 2018 são para atuação em Palmas. O Concurso tem validade de 1 ano, prorrogável por igual período.

O Concurso Público será composto de Prova Objetiva, de caráter classificatório e
eliminatório, para todos os cargos e abordará conhecimentos compatíveis com o nível de
escolaridade exigido para o cargo.

A Prova Objetiva será constituída de 40 questões objetivas.

questoes provas concurso uft 2018

A Nota da Prova Objetiva dos candidatos será igual à soma do total de pontos
obtidos em todas as questões da Prova Objetiva.
Será reprovado e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo
menos um dos itens a seguir:
a) obtiver nota inferior a 02 (dois) pontos, na Prova/Área de Conhecimento de Noções de
Informática;
b) obtiver nota inferior a 06 (seis) pontos, na Prova/Área de Conhecimento de Língua
Portuguesa;
c) obtiver nota inferior a 06 (seis) pontos, na Prova/Área de Conhecimento de
Fundamentos em Educação e Legislação;
d) obtiver nota inferior a 32 (trinta e dois) pontos, na Prova/Área de Conhecimento de
Conhecimentos Específicos.

Dia da prova

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com
antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início, munido somente de caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente e do
documento de identidade original que bem o identifique.

Os portões dos prédios onde se realizarão as provas serão fechados, impreterivelmente, 10 minutos antes do início das provas. O candidato que chegar após o fechamento dos portões terá vedada sua entrada no prédio e será automaticamente eliminado do concurso. Por questões de sigilo e de segurança, o candidato deverá permanecer no local de
realização das provas por, no mínimo, 90 (noventa) minutos após o início delas, mesmo se
eliminado

cronograma concurso uft 2018 datas concurso uft 2018

Conteúdo Programático

  1. NÍVEL MÉDIO

    1. NOÇÕES DE INFORMÁTICA:

1. Hardware: 1.1. Conceitos básicos; 1.2. Periféricos; 1.3. Meios de armazenamento de dados;

1.4. Processadores. 2. Software: 2.1. Conceitos básicos; 2.2. Vírus e antivírus; 2.3. MS Windows 7 ou superior; 2.4. Editores de textos: LibreOffice Writer versão 5 e MS Word 2007 ou superior;

2.5. Planilhas eletrônicas: LibreOffice Calc versão 5 e MS Excel 2007 ou superior. 3. Internet:

3.1. Conceitos básicos e segurança; 3.2. Navegadores: Internet Explorer 9 ou superior, Mozilla Firefox 45 ou superior e Chrome 45 ou superior; 3.3. Correio Eletrônico, Conceitos de segurança da informação Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas; 3.4. Busca na web.

    1. LÍNGUA PORTUGUESA:

1. Leitura: compreensão e interpretação de textos de variados gêneros discursivos; as condições de produção de um texto e as marcas composicionais de gêneros textuais diversos. 2. Variedades linguísticas. 3. Linguagem formal e informal da escrita padrão, oralidade e escrita. 4. Significação das palavras: sinonímia, antonímia, denotação e conotação. 5. Pontuação. 6. As classes de palavras e suas flexões. 7. Estrutura e formação das palavras. 8. Emprego de adjetivos, pronomes, advérbios, conjunções e preposições. 9. Períodos compostos por coordenação e subordinação. 10. Emprego de modos e tempos verbais. 11. Concordâncias verbal e nominal; regências verbal e nominal; colocação pronominal. 12. Coesão e coerência textual, argumentação.

    1. FUNDAMENTOS EM EDUCAÇÃO E LEGISLAÇÃO:

1. Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (com as devidas atualizações): Do Provimento; Da Vacância; Da Remoção; e Da Redistribuição; Do Regime Disciplinar. 2. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988: Da educação (art. 205 ao 214); as disposições constitucionais aplicadas aos servidores públicos (art. 37 ao 41). 3. Decreto n.º 1.171, de 22 de junho de 1994 (com as devidas atualizações): Dos principais deveres do servidor público e das vedações ao servidor público. 4. Lei n.º 11.091, de 12 de janeiro de 2005, com as alterações da Lei n.º 11.784, de 22 de setembro de 2008, e da Lei n.º 12.772, de 28 de dezembro de 2012: no que tange ao Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação.

5. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n° 9.394/1996 com as devidas atualizações): Da Educação Superior (Título V: Capítulo IV).

    1. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

      1. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: ANATOMIA, NECROPSIA E PATOLOGIA HUMANA

1. Noções de Anatomia Humana Básica: Reconhecimento macroscópico e localização dos órgãos e estruturas anatômicas; Eixos, planos e regiões anatômicas; Generalidades sobre o Sistema Tegumentar; Generalidades sobre o Sistema Esquelético; Generalidades sobre o Sistema Articular; Generalidades sobre o Sistema Muscular; Generalidades sobre o Sistema Respiratório; Generalidades sobre o Sistema Circulatório; Generalidades sobre o Sistema Digestório; Generalidades sobre o Sistema Urinário; Generalidades sobre o Sistema Genital Masculino; Generalidades sobre o Sistema Genital Feminino; Generalidades sobre o Sistema Nervoso. 2.

Noções de anatomia topográfica. 3. Conhecimento sobre substâncias fixadoras (formaldeído, álcoois, xilol, fenol, sais, entre outros e suas diluições). 4. Noções de técnicas anatômicas. 5. Noções de técnicas de dissecção, equipamentos e instrumentais. 6. Noções de necropsia. 7. Leis e resoluções que regem sobre o armazenamento e utilização de material biológico humano e animal, e sobre a utilização de cadáver não reclamado no âmbito de projetos de pesquisa e para fins de estudo e de outras providências. 8. Noções de biossegurança e bioética.

      1. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: EDIFICAÇÕES

1. Noções básicas: 1.1. Manuseio de equipamentos de laboratório; 1.2. Metodologia de trabalhos em laboratório; 1.3. Primeiros socorros; 1.4. Equipamentos de proteção individual – EPIs. 2. Materiais de construção: 2.1. Cimento Portland: definições, classificações e produção; 2.2. Agregados para concreto: definições, classificações e propriedades; 2.3. Concreto e argamassa: propriedades no estado fresco e propriedades no estado endurecido; 2.4. Ensaios de laboratório: ensaios de caracterização de cimento, agregados e aço para concreto; moldagem e cura de corpos-de-prova de concreto; ensaios de caracterização do concreto no estado fresco e no estado endurecido; 2.5. Dosagem de argamassas e concretos. 3. Tecnologia das Construções: 3.1. Locação de obras; 3.2. Fundações; 3.3. Alvenarias; 3.4. Estruturas de concreto armado: armação, fôrmas e concretagem; 3.5. Revestimento argamassado e cerâmico; 3.6. Pintura; 3.7. Impermeabilização; 3.8. Quantificação e especificação de materiais e serviços. 4. Ensaios: 4.1 Flexão em prismas de concreto; 4.2 Tração em barras de aço para concreto; 4.3 Caracterização físico-mecânico em Madeiras; 4.5 Revestimentos cerâmicos, caracterização e especificações; 4.6 Asfaltos, caracterização e especificação.

      1. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: FITOSSANIDADE

1. Noções básicas de manuseio de equipamentos, metodologia de trabalhos em laboratório, primeiros socorros e equipamentos de proteção individual – EPIs. 2. Esterilização, preparos de meios de culturas e fatores associados ao cultivo de microrganismos. 3. Isolamento e detecção de fitopatógenos (fungos e bactérias). 4. Métodos em fitonematologia. 5. Preparo de inóculo, calibração, concentração e inoculação de fitopatógenos. 6. Armazenamento de microrganismos em meio de cultura. 7. Princípios básicos da fotografia técnica, preparo e observações microscópicas de fungos fitopatogênicos. 8. Métodos em virologia vegetal, plantas indicadoras.

9. Esterilização e preparo de substratos. 10. Preparo de tampões e soluções. 11. Tetraedro das doenças vegetais. 12. Biologia dos principais grupos de fitopatógenos: fungos, bactérias, vírus e nematoides. 13. Interação plantafitopatógenos. 14. Manejo integrado de doenças. 15. Fundamentos, métodos e técnicas de biologia celular e molecular. 16. Biologia e comportamento das principais pragas de interesse agronômico. 17. Taxonomia e classificação de insetos: 17.1. Principais ordens de insetos de interesse agronômico, coleta, montagem e coleção de insetos. 18. Manejo integrado de pragas. 19. Coletas e coleções zoológicas, manutenção de coleções zoológicas in vivo. 20. Preparo de material para aulas práticas. 21. Noções básicas em plantas medicinais.

      1. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: HERBÁRIO

1. Noções básicas de Botânica sistemática. 2. Características gerais e classificação de algas, fungos, criptógamos e fanerógamas. 3. Materiais gerais e recomendações para coleta e para herborização. 4. Fixação de amostras, herborização e montagem de exsicatas algas, fungos, briófitas, licófitas, samambaias e fanerógamas. 5. Gerenciamento de banco de dados de material de herbário 6. Montagem, registro e inclusão de exemplares em um herbário, manuseio de exsicatas e organização e manutenção de herbário. 7. Técnicas específicas de coleta e herborização de materiais especiais: palmeiras, bambus, lianas, bromélias, cactos e plantas com

partes volumosas. 8. Função de um herbário: o papel das coleções botânicas na manutenção da biodiversidade. 9. Organizações, registro, depósito e manejo de amostras no acervo do herbário.

10. Preparo e identificação de espécimes.

      1. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: MORFOFUNCIONAL

1. Noções de Biologia Celular e Molecular. 2. Noções de Histologia e embriologia. 3. Noções de Anatomia Humana Básica: Reconhecimento macroscópico e localização dos órgãos e estruturas anatômicas; Eixos, planos e regiões anatômicas; Generalidades sobre o Sistema Tegumentar; Generalidades sobre o Sistema Esquelético; Generalidades sobre o Sistema Articular; Generalidades sobre o Sistema Muscular; Generalidades sobre o Sistema Respiratório; Generalidades sobre o Sistema Circulatório; Generalidades sobre o Sistema Digestório; Generalidades sobre o Sistema Urinário; Generalidades sobre o Sistema Genital Masculino; Generalidades sobre o Sistema Genital Feminino; Generalidades sobre o Sistema Nervoso. 4. Noções de Fisiologia Humana. 5. Noções de Genética. 6. Metodologias Ativas de Ensino- aprendizagem. 7. Gestão de Laboratórios – estoque, manutenção, aquisição e renovação. 8. Noções básicas de Microscopia óptica. Procedimentos de Manutenção preventiva e corretiva e testes em equipamentos e acessórios para microscopia óptica. 9. Operação de Microscópio Confocal. 10. Técnicas de preparação de amostra de materiais biológicos para microscopia confocal (histoquímica, imuno-histoquímica, imunofluorescência). 11. Análise de imagens no confocal (co-localização, varredura, série temporal, imagem tridimensional). 12. Conservação e manuseio de reagente químicos usados em laboratório. 13. Limpeza de material laboratorial. 14. Arquivo e descarte de material. 15. Biossegurança. 16. Manutenção e conservação de peças e modelos anatômicos. 17. Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Medicina.

      1. TÉCNICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

1. Fundamentos de computação: 1.1. Organização e arquitetura de computadores; 1.2. Componentes de um computador (hardware e software); 1.3. Princípios de sistemas operacionais; 1.4. Aplicações de informática e microinformática; 1.5. Ambiente Windows e Linux; 1.6. Bancos de dados; 1.7. Algoritmos e lógica de programação; 1.8. Redes de computadores. 2. Fundamentos de comunicação de dados: 2.1. Meios físicos de transmissão; 2.2. Elementos de interconexão de redes de computadores (gateways, switches, roteadores); 2.3. Estações e servidores; 2.4. Tecnologias de redes locais e de longa distância; 2.5. Arquitetura, protocolos e serviços de redes de comunicação; 2.6. Arquitetura TCP/IP; 2.7. Arquitetura cliente-servidor; 2.8. Conceitos de Internet e Intranet. 3. A evolução dos computadores: 3.1. A estrutura geral de um computador: memória, processador, dispositivos de entrada e saída; 3.2. Sistemas de numeração: base binária, octal e hexadecimal. 4. Conceitos de Sistemas Operacionais: comandos, arquivos, pastas, gerenciamento de discos, arquivos de Lote, Windows, configurações, propriedades do vídeo, browsers, sistema de arquivos FAT16 e FAT32, o sistema NTFS, Sistema operacional Linux. 5. Características dos principais processadores para PC do mercado: INTEL e AMD. 6. Algoritmos e programação estruturada: constantes, variáveis, comentários, expressões aritméticas, expressões lógicas, comandos de atribuição, comandos de entrada e saída. Estrutura sequencial, estrutura condicional e estrutura de repetição. 7. Estruturas de dados: 7.1. variáveis compostas homogêneas (vetores e matrizes), variáveis compostas heterogêneas (registros), filas e pilhas; 7.2 Procedimentos e funções; 7.3. Definição do problema.

8. Desenvolvimento de um algoritmo, codificação, digitação, processamento do programa e análise dos resultados. 9. Arquivos: conceito, organização, abertura e fechamento. 10. Linguagem de programação: PHP.

      1. ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

1. Postura profissional. 2. Organização do ambiente de trabalho. 3. Gestão arquivística: 3.1. Técnicas de arquivamento; 3.2. Métodos de arquivamento; 3.3. Classificação de arquivos; 3.4. Gestão de documentos; 3.5. Tabela de temporalidade. 4. Relações interpessoais. 5. Documentos:

5.1. Redação de documentos oficiais de acordo com o Manual de Redação da Presidência da República; 5.2. Documentos administrativos. 6. Noções de Administração: 6.1. Conceitos e fundamentos da Administração; 6.2. Gestão de materiais e logística; 6.3. Noções de Técnicas Administrativas; 6.4. Organização, sistemas e métodos; 6.5. Administração Pública no Brasil. 7. Noções de Marketing. 8. Noções de Gestão de Pessoas. 9. Noções de Administração Financeira.

10. Noções de Licitação: Lei N.º 8.666/1993 e Lei N.º 10.520/2002. 11. Processo administrativo: normas básicas no âmbito da Administração Federal – Lei Nº 9.784/1999. 12. Noções de orçamento público. 13. Receitas e despesas públicas. 14. Princípios e Sistemas da Administração Federal: SIAFI e SICAF. 15. Noções de cidadania.

1.4.8. TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ÁREA: GEOPROCESSAMENTO E CARTOGRAFIA

1. Princípios básicos em geoprocessamento: 1.1. Conceitos de espaço geográfico, informação espacial e relação espacial; 1.2. Descrição geral de sistemas de informações geográficas (SIG);

1.3. Diferenças entre geoprocessamento e desenho em computador (CAD); 1.4. Estrutura geral de um SIG. 2. Representação geográfica: 2.1. Natureza de dados geográficos; 2.2. Escala; 2.3. Georreferenciamento; 2.4. Mapas e suas representações computacionais; 2.5. Tipos de dados em geoprocessamento; 2.6. Representações computacionais de mapas; 2.7. Representações de modelos numéricos de terreno; 2.8. Representações computacionais de atributos não espaciais;

2.9. Projeções cartográficas; 2.10. Incerteza; 2.11. Organização do ambiente de trabalho em SIG.

3. Sistema gerenciador de banco de dados (SGBD): 3.1. Modelagem de dados; 3.2. Metodologias e concepção. 4. Operações de análise geográfica: 4.1. Operações sobre geocampos; 4.2. Operações sobre geo-objetos; 4.3. Operações entre geocampos e geo-objeto; 4.4. Operações mistas; 4.5. Exemplo de linguagem de manipulação. 5. Sistemas de informações geográficas e a rede mundial de computadores (WEB): 5.1. Arquitetura da aplicação; 5.2. Condições de mapas na WEB; 5.3. Servidores de mapas disponíveis na WEB. 6. Noções de sensoriamento remoto:

6.1. Imagens de radar; 6.2. Imagens orbitais. 7. Processo cartográfico: 7.1. Concepção; 7.2. Produção; 7.3. Interpretação e utilização. 8. Aplicações e uso: 8.1. Leitura de coordenadas. 9. Gestão e política de SIG; 9.1. Gestão de SIG, economia do conhecimento e informação; 9.2. Restrições de navegação de SIG; 9.3. Parcerias de SIG em nível local, regional e global.

1.4.9. TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA

  1. CULTURAS: (Milho, Feijão, Café, Cana-de-açúcar) Amostragem de solo. Correção de solo. Escolha de cultivares. Tratamento de sementes. Plantio (Época, espaçamento, densidade). Produção de mudas. Adubação (níveis de fertilidade do solo; relações básicas de nutrientes; recomendações baseadas em análise de solo, adubação orgânica). Tratos culturais. Tipos de Cultivos. Plantas daninhas e seu controle. Uso de herbicidas. Aplicação de defensivos. Pragas e Doenças de importância econômica. Colheita. Classificação. Armazenamento. Comercialização.

  2. OLERICULTURA: Escolha do terreno. Preparo do solo (aração, gradagem, coleta de amostra de solo, sementeiras e canteiros). Preparo de mudas. Plantio (espécie, variedade, épocas, ciclo, espaçamento, densidade). Adubação (orgânica e química). Calagem. Transplante. Tratos culturais. Tratamento fitossanitário. Herbicida. Colheita e Beneficiamento. Classificação. Acondicionamento. 3. FRUTICULTURA: Importância do clima e do solo para fruticultura. Práticas culturais em fruticultura. Tecnologia de colheita e de pós-colheita de frutos. Cultura de frutas tropicais (citros, manga, goiaba, maracujá e banana). 4. FERTILIDADE E

CONSERVAÇÃO DE SOLOS: Visão geral sobre a fertilidade do solo. Elementos essenciais às plantas. Transporte de nutrientes no solo. Reação do solo. Correção da acidez. Matéria orgânica. Nitrogênio. Fósforo. Potássio. Enxofre. Micronutrientes. Avaliação da fertilidade do solo e recomendação de adubação. Aspectos econômicos e implicações ecológicas do uso de corretivos e fertilizantes. Recuperação de áreas degradadas. 5. DEFESA SANITÁRIA VEGETAL E ANIMAL: Importância e sintomatologia de doenças de plantas. Etiologia. Doenças de causas não parasitárias. Micologia, fungos fitopatogênicos e doenças fúngicas. Epidemiologia. Princípios gerais e práticas de controle de doenças de plantas. Defensivos biológicos e químicos. Manejo de controle de pragas. Área Pecuária Manejo produtivo: Aspectos gerais de manejo produtivo de bovinos, suínos e aves. Sanidade Animal: Principais distúrbios do aparelho locomotor, digestivo e respiratório em bovinos, suínos e aves. Mamites e seu controle. Controle de ecto e endoparasitos. Principais zoonoses e seu controle. Programas de vacinações em bovinos, suínos e aves. Manejo reprodutivo: Ciclos reprodutivos de bovinos e suínos. Inseminação artificial. Distúrbios reprodutivos. Nutrição: Produção e conservação de forrageiras, cálculo e mistura de concentrados.

  1. NÍVEL SUPERIOR

    1. NOÇÕES DE INFORMÁTICA:

1. Hardware: 1.1. Conceitos básicos; 1.2. Periféricos; 1.3. Meios de armazenamento de dados;

1.4. Processadores. 2. Software: 2.1. Conceitos básicos; 2.2. Vírus e antivírus; 2.3. MS Windows 7 ou superior; 2.4. Editores de textos: LibreOffice Writer versão 5 e MS Word 2007 ou superior;

2.5. Planilhas eletrônicas: LibreOffice Calc versão 5 e MS Excel 2007 ou superior. 3. Internet:

3.1. Conceitos básicos e segurança; 3.2. Navegadores: Internet Explorer 9 ou superior, Mozilla Firefox 45 ou superior e Chrome 45 ou superior; 3.3. Correio Eletrônico, Conceitos de segurança da informação Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas; 3.4. Busca na web.

    1. LÍNGUA PORTUGUESA:

1. Leitura: compreensão e interpretação de variados gêneros discursivos. 2. As condições de produção de um texto e as marcas composicionais de gêneros textuais diversos. 3. Linguagem e adequação social: 3.1. Variedades linguísticas e seus determinantes sociais, regionais, históricos e individuais; 3.2. Registros formal e informal da linguagem; Oralidade e escrita. 4. Aspectos linguísticos na construção do texto: 4.1. Fonética: prosódia, ortografia; 4.2. Morfologia: formação, classificação e flexão das palavras; 4.3. Sintaxe: frase, oração, períodos compostos por coordenação e subordinação, concordâncias verbal e nominal, regências verbal e nominal, colocação pronominal, emprego de nomes, pronomes, conjunções, advérbios, preposições, modos e tempos verbais; 4.4. Semântica: polissemia, sinonímia, paronímia, homonímia, denotação e conotação, figuras de linguagem. 5. Textualidade: coesão, coerência, argumentação e intertextualidade. 6. Pontuação.

    1. FUNDAMENTOS EM EDUCAÇÃO E LEGISLAÇÃO:

1. Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (com as devidas atualizações): Do Provimento; Da Vacância; Da Remoção; e Da Redistribuição; Do Regime Disciplinar. 2. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988: Da educação (art. 205 ao 214); as disposições constitucionais aplicadas aos servidores públicos (art. 37 ao 41). 3. Decreto n.º 1.171, de 22 de junho de 1994 (com as devidas atualizações): Dos principais deveres do servidor público e das vedações ao servidor público. 4. Lei n.º 11.091, de 12 de janeiro de 2005, com as alterações da Lei n.º 11.784, de 22 de setembro de 2008, e da Lei n.º 12.772, de 28 de dezembro

de 2012: no que tange ao Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação.

5. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n° 9.394/1996 com as devidas atualizações): Da Educação Superior (Título V: Capítulo IV).

    1. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

      1. ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO:

1. Fundamentos de computação: 1.1. Organização e arquitetura de computadores; 1.2. Componentes de um computador (hardware e software); 1.3. Princípios de sistemas operacionais; 1.4. Aplicações de informática e microinformática; 1.5. Ambiente Windows e Linux; 1.6. Bancos de dados; 1.7. Algoritmos e lógica de programação; 1.8. Redes de computadores. 2. Fundamentos de comunicação de dados: 2.1. Meios físicos de transmissão; 2.2. Elementos de interconexão de redes de computadores (gateways, switches, roteadores); 2.3. Estações e servidores; 2.4. Tecnologias de redes locais e de longa distância; 2.5. Arquitetura, protocolos e serviços de redes de comunicação; 2.6. Arquitetura TCP/IP; 2.7. Arquitetura cliente-servidor; 2.8. Conceitos de Internet e Intranet. 3. Administração de Informática: funções da administração e fatores críticos de sucesso. 4. Sistemas de Informação: conceitos e tipologia (Sistema de Informação Gerencial, Executivo e Empresarial, Sistema Transacional, Sistema de Apoio à Decisão). 5. Intranet, Groupware, Data Warehouse e Data Mining. 6. Gerenciamento de processos: 6.1. Cadeia de valor do negócio; 6.2. Mapeamento e modelagem de processos de negócio: Modelagem do estado atual (As Is), Otimização de processos (To Be), Business Process Modeling Notation (BPMN), Modelagem de processos de negócio. 7. Arquitetura de um SGBD.

8. Bancos de dados: 8.1. Modelos de Bancos de Dados; 8.2. Projeto de Banco de Dados; 8.3. Modelo relacional e modelo entidade-relacionamento; 8.4. Linguagem de consulta estruturada (SQL). 9. Plano Diretor de Tecnologia da Informação. 10. Noções de elaboração, análise, avaliação e gerenciamento de projetos: 10.1. Guia PMBOK. 11. Frameworks de governança de TI: COBIT; ITIL.

      1. ARQUIVISTA:

1. Conceitos fundamentais de arquivologia: teorias e princípios. 2. Gerenciamento da informação e gestão de documentos: 2.1. Diagnóstico; 2.2. Classificação; 2.3. Avaliação de documentos. 3. Órgãos de Documentação: características dos acervos. 4. Tipologias documentais e suportes físicos. 5. Ciclo Vital: 5.1. Arquivos Correntes: Protocolo: recebimento, registro, distribuição, movimentação, arquivamento, empréstimo, consulta e expedição de documentos; 5.2. Arquivos Intermediários: conceito, finalidade e função; 5.3. Arquivos Permanentes. 6. Programa descritivo: instrumentos de pesquisas em arquivos permanentes e intermediários: 6.1. Fundamentos teóricos; 6.2. Guias; 6.3. Inventários; 6.4. Repertório; 6.5. Catálogo. 7. Diplomática Contemporânea. 8. Microfilmagem de documentos de arquivo: políticas, planejamento e técnicas. 9. Sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos: 9.1. Documentos digitais; 9.2. Requisitos: Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos (e-ARQ Brasil). 10. Preservação, conservação preventiva e restauração de documentos arquivísticos: política, planejamento e técnicas. 11. Legislação arquivística brasileira: Lei n.º 8.159, de 8 de janeiro de 1991; Decreto n.º 4.073, de 03 de janeiro de 2002; Lei n.º 5.433, de 8 de maio de 1968; Decreto n.º 1.799, de 30 de janeiro de 1996; Lei n.º 6.546, de 4 de julho de 1978; Decreto n.º 82.590, de 06 de novembro de 1978; Decreto n.º 4.915, de 12 de dezembro de 2003; Lei n.º 12.527, de 18 de novembro de 2011; Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012; Resoluções do Conarq.

      1. ASSISTENTE SOCIAL:

1. Fundamentos sócio-históricos e teórico-metodológicos do Serviço Social. 2. Transformações contemporâneas do capitalismo e implicações societárias: 2.1. O mundo do trabalho e as configurações atuais do Estado e da Sociedade Civil; 2.2. Demandas profissionais. 3. Questão Social e Serviço Social: 3.1. O debate teórico; 3.2. Configurações e formas de enfrentamento. 4. Serviço Social e Ética Profissional: 4.1. Trajetória e Fundamentos sócio-históricos da ética profissional; 4.2. O projeto ético-político profissional: direção social; regulamentação (Lei de Regulamentação da Profissão N.º 8.662/93, Código de Ética do Assistente Social/1993) e debate atual. 5. O trabalho profissional: 5.1. Requisições contemporâneas; 5.2. Instrumentalidade: dimensões, funções e instrumental técnico-operativo; 5.3. Normativas profissionais (Resoluções CFESS: n.º 493/2006, n.º 489/2006, n.º 533/2008, n.º 556/2009). 6. Serviço Social e o processo de investigação: 6.1. A dimensão investigativa na intervenção profissional; 6.2. A pesquisa e a produção do conhecimento. 7. Política social, cidadania e direitos: 7.1. Configuração recente da Política Social no Brasil; 7.2. Política Pública de Educação: tendências, perspectivas, regulamentação e atuação do Assistente Social; 7.3. Políticas de cotas, ações afirmativas e assistência estudantil. 8. Planejamento e gestão de políticas, programas e projetos nas instituições públicas.

      1. BIBLIOTECÁRIO-DOCUMENTALISTA:

1. Fundamentos de Documentação, Ciência da Informação e Biblioteconomia: 1.1. Conceitos e princípios; 1.2. Bibliotecas: tipos. 2. Legislação e Código de ética do Bibliotecário. 3. Pesquisa em Biblioteconomia e Ciência da Informação. 4. Gestão, planejamento, organização e políticas de uma unidade de informação: 4.1. Tipos e princípios de planejamento; 4.2 Políticas de funcionamento de unidades de informação; 4.3. Avaliação de unidades de informação; 4.4. Análise de tarefas. 5. Políticas de formação e desenvolvimento de acervo. 6. Controle bibliográfico: 6.1. Conceito; 6.2. Controle Bibliográfico Universal; 6.3. Agências de controle;

6.4. Depósito legal; 6.5. Padronização da descrição bibliográfica; 6.6. Sistemas de identificação numérica de documentos. 7. Disseminação seletiva da informação: 7.1. Conceitos; 7.2. Serviços convencionais e eletrônicos. 8. Fontes de informação impressa e eletrônica/virtual: 8.1. Conceitos. 9. Serviço de referência presencial e eletrônico/virtual: 9.1 Conceitos; 9.2. Processos.

10. Usos e usuários da informação: 10.1. Terminologias; 10.2. Aspectos metodológicos de estudos de usuários. 11. Catalogação: 11.1. Conceitos; 11.2. Funções, finalidades e objetivos;

11.3. Tipos de catálogos; 11.4. Notação de autor; 11.5 Pontos de acesso; 11.6. Programas de catalogação centralizada, cooperativa, na fonte e automatizada; 11.7. Padrões e normas de catalogação: AACR-2R; 11.8. Formatos de catalogação: ISBD, MARC, FRBR, RDA, Metadados, Dublin Core. 12. Sistemas de Classificação: 12.1. Classificação Decimal Universal;

12.2. Classificação Decimal de Dewey; 12.3. Tabela de Cutter. 13. Indexação: 13.1. Princípios e técnicas de indexação; 13.2. Linguagens documentárias; 13.3. Sistemas de indexação pré- coordenada e pós-coordenada; 13.4. Etapas; 13.5. Resumos. 14. Automação de Unidades de Informação. 15. Normalização documentária: 15.1. ABNT NBR 6023/2002; 15.2. ABNT NBR 6024/2003; 15.3 ABNT NBR 6027/2012; 15.4. ABNT NBR 6028/2003; 15.5. ABNT NBR 10520/2002; 15.6. ABNT NBR 15287/2011; 15.7. ABNT NBR 14724/2011. 16. Marketing para bibliotecas. 17. Conservação preventiva de documentos: 17.1. Preservação de documentos impressos, digitais/ eletrônicos. 18. Estudos métricos: 18.1. Bibliometria; 18.2. Infometria. 19. Comunicação científica. 20. Promoção cultural.

2.4.5. ENGENHEIRO/ÁREA: CIVIL:

1. Materiais de construção civil: 1.1. Comportamento mecânico e propriedades físicas dos materiais; 1.2. Metais e ligas; 1.3. Materiais cerâmicos; 1.4. Madeiras e derivados; 1.5. Aglomerantes; 1.6. Agregados; 1.7. Argamassas; 1.8. Concretos de cimento Portland; 1.9. Controle tecnológico dos materiais. 2. Construção civil: 2.1. Instalações de obras; 2.2. Execução de fundações; 2.3. Construções em madeira serrada; 2.4. Construções em aço; 2.5. Construções em concreto armado; 2.6. Construções em alvenaria; 2.7. Telhados; 2.8. Escadas; 2.9. Esquadrias; 2.10. Pintura. 3. Instalações hidráulicas, sanitárias e elétricas: 3.1. Instalações prediais de água fria, água quente, proteção e combate a incêndio; 3.2. Instalações sanitárias; 3.3. Estações prediais de recalque; 3.4. Instalações elétricas prediais. 4. Teoria das estruturas e resistência dos materiais: 4.1. Estruturas isostáticas; 4.2. Estruturas hiperestáticas; 4.3. Tensões normais e de cisalhamento; 4.4. Estados de tensões; 4.5. Deformações; 4.6. Comportamentos elástico e plástico dos materiais; 4.7. Tensões e deformações em barras; 4.8. Flambagem. 5. Elementos de Sistemas Estruturais: 5.1. Dimensionamento e detalhamento de elementos estruturais em madeira e das ligações conforme a norma NBR 7190:1997; 5.2. Dimensionamento e detalhamento de armaduras longitudinais e transversais de elementos estruturais de concreto armado conforme a NBR 6118:2007; 5.3. Dimensionamento e detalhamento de elementos estruturais em aço e das ligações dos elementos estruturais conforme a NBR 8800:2008. 6. Topografia: 6.1. Levantamentos planimétrico e altimétrico; 6.2. Desenho topográfico; 6.3. Cálculos topográficos. 7. Perícias de engenharia: 7.1. Arbitramento; 7.2. Inspeções; 7.3. Avaliações; 7.4. Vistorias; 7.5. Produção de laudos; 7.6. Normas do IBAPE-SP. 8. Patologia das construções: 8.1. Impermeabilidade nas construções; 8.2. Patologias dos revestimentos e das pinturas; 8.3. Patologias das estruturas de concreto; 8.4. Reparos e recuperações das estruturas de concreto. 9. Legislação profissional e código de ética. 10. Engenharia pública: 10.1. Fiscalização; 10.2. Acompanhamento de aplicação de recursos (medições emissão de fatura etc.);

10.3. Documentação da obra: diário e documentos de legalização; 10.4. Quantificações, orçamentos e cronogramas; 10.5. Licitações.

2.4.6. ENGENHEIRO/ÁREA: ELÉTRICA:

1. Eletricidade e Magnetismo: 1.1. Teoria e Aplicações. 2. Análise de circuitos de corrente contínua (CC) e corrente alternada (CA): 2.1. Teoremas de análises de circuitos CC e CA; 2.2. Circuitos monofásicos; 2.3. Circuitos trifásicos equilibrados e desequilibrados. 3. Projetos de instalações elétricas de baixa tensão (BT) e média tensão (MT): 3.1. Simbologias e representação escrita; 3.2. Conceitos de demanda, fator de carga e fator de potência; 3.3. Topologias de redes de distribuição; 3.4. Curto-circuito em instalações elétricas; 3.5. Aterramento em sistemas elétricos de baixa e média tensão; 3.6. Diagramas unifilares; 3.7. Dimensionamento de condutores elétricos, proteções e condutos. 4. Materiais e dispositivos elétricos: 4.1. Materiais condutores, semicondutores e isolantes; 4.2. Dispositivos de proteções; 4.3. Dispositivos de comando. 5. Manutenção elétrica: 5.1. Conceitos; 5.2. Tipos de manutenção; 5.3. Instrumentos utilizados na manutenção. 6. Compensação reativa: 6.1. Correção do fator de potência; 6.2. Dispositivos e equipamentos empregados. 7. Medição elétrica: 7.1. Instrumentos elétricos de medição; 7.2. Métodos de medição de potências em sistemas monofásicos e polifásicos; 7.3. Tarifação. 8. Automação de sistemas elétricos: 8.1. Controladores lógicos programáveis; 8.2. Sensores; 8.3. Atuadores; 8.4. Redes; 8.5. Sistemas supervisórios. 9. Eletrônica analógica: 9.1. Diodos; 9.2. Transistores bipolares e de efeito de campo; 9.3. Tiristores; 9.4. Retificadores; 9.5. Amplificadores operacionais. 10. Eletrônica digital: 10.1. Portas lógicas; 10.2. Circuitos combinacionais; 10.3. Circuitos sequenciais; 10.4. Microprocessadores e microcontroladores. 11. Transformadores: 11.1. Conceitos e aplicações; 11.2. Transformadores monofásicos e trifásicos.

12. Máquinas elétricas: 12.1. Máquinas síncronas; 12.2. Máquinas assíncronas. 13. Luminotécnica: 13.1. Lâmpadas elétricas; 13.2. Luminárias e dispositivos auxiliares; 13.3. Métodos de cálculo de sistemas de iluminação. 14. Acionamentos motrizes: 14.1. Tipos de acionamentos; 14.2. Cálculos e especificações de materiais e equipamentos de comando e proteção. 15. Segurança em instalações elétricas: 15.1. Choque elétrico; 15.2. Esquemas de aterramentos em baixa tensão; 15.3. Dispositivo a corrente diferencial residual; 15.4. Proteção contra contato direto e indireto. 16. Certificação das instalações elétricas: 16.1. Prescrições da NBR-5410; 16.2. Inspeção visual; 16.3. Ensaios. 17. Conservação da energia elétrica: 17.1. Eficiências em equipamentos, dispositivos e materiais elétricos; 17.2. Aplicações de medidas para conservação e utilização racional da energia elétrica. 18. Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas em edificações (SPDA): 18.1. Principais métodos de proteção; 18.2. Partes constituintes, dispositivos e equipamentos utilizados em um SPDA. 19. Qualidade da energia elétrica: 19.1. Definições; 19.2. Tipos de problemas de qualidade da energia elétrica;

19.3. Soluções para a qualidade da energia elétrica. 20. Conversores: 20.1. Conversores CA/CC;

20.2. Conversores CC/CA.

      1. PEDAGOGO:

1. História da educação no Brasil: da República aos dias atuais. 2. Educação, sociedade e prática escolar. 3. Tendências pedagógicas na prática escolar. 4. Psicologia da educação. 5. Didática educacional. 6. Políticas educacionais brasileiras na atualidade. 7. Legislação da educação brasileira: Constituição Federal e Lei de Diretrizes e bases da Educação Nacional, atualizadas. 8. Formação inicial e continuada de professores. 9. Currículo: teorias e práticas. 10. Avaliação educacional. 11. Plano de Desenvolvimento Institucional. 12. Planejamento educacional, plano de ensino e de aula. 13. Pesquisa Educacional: Abordagens teóricas e metodológicas. 14. Diversidade, desigualdade e diferença: questões educacionais. 15. Tecnologias da Informação e da Comunicação na educação.

      1. ADMINISTRADOR:

1. Administração Geral: 1.1. Conceito, princípios e origem da Administração; 1.2. Conceito e tipos de organização; 1.3. As funções administrativas (planejar, organizar, liderar e controlar);

1.4. Os níveis da administração; 1.5. Ambientes Organizacionais (externos, internos, controláveis e incontroláveis). 2. Organização, Sistemas Métodos: 2.1. Estruturas organizacionais; 2.2. Departamentalização, estrutura de poder – centralização e descentralização.

3. Metodologias organizacionais: 3.1. Gráficos de organização; 3.2. Organograma, fluxogramas, lotacionagramas, funcionogramas. 4. Instrumentos organizacionais: 4.1. Layout, formulários, manuais. 5. Metodologia para análise de sistemas administrativos-reorganização: 5.1. Fases da reorganização; 5.2. Noção geral de reorganização; 5.3. Levantamento e análise de dados. 6. Funções organizacionais (marketing, finanças, produção/operações, recursos humanos, logística): 6.1. Processo decisório. 7. Habilidades e papéis do Administrador. 8. Administração da qualidade. 9. Cultura organizacional. 10. Autoridade e liderança. 11. Sistema de informação gerencial: 11.1. Dados, informação e comunicação; 11.2. Tecnologias da informação; 11.3. Impactos das tecnologias e sistemas na Administração; 11.4. Gerenciamento da informação de banco de dados. 12. Planejamento estratégico: 12.1. Conceitos e evolução; 12.2. Tipos de planejamento; 12.3. Processo do planejamento estratégico; 12.4. Desenvolvimento de planos táticos e operacionais; 12.5. Diagnóstico interno e externo (análise SWOT); 12.6. Definição de objetivos e estratégias; 12.7. Construção de cenários. 13. Controle e desempenho organizacional.

14. Governança Corporativa. 15. Balanced Scorecard. 16. Escolas do Planejamento: 16.1. Administração estratégica; 16.2. Pensamento estratégico; 16.3. Componentes da estratégia. 17. Administração de projetos: 17.1. Conceito de projetos; 17.2. Tipos de projetos; 17.3. Etapas do projeto; 17.4. Projetos organizacionais. 18. Processos organizacionais. 19. Gestão participativa.

20. Planejamento de projetos: 20.1. Indicadores de desempenho dos projetos; 20.2. Ciclo de vida de projetos. 21. Estrutura de Rede. 22. Gestão de Pessoas/Recursos Humanos: 22.1. Conceito, evolução histórica, objetivos e funções; 22.2. Modelos de gestão de pessoas. 23. Políticas e práticas de gestão de pessoas: 23.1. Recrutamento e seleção; 23.2. Orientação das pessoas; 23.3. Modelagem de cargos; 23.4. Cargos e salários e benefícios; 23.5. Aprendizagem, treinamento e desenvolvimento. 24. Relações com empregados; 24.1. Higiene e segurança no trabalho. 25. Comunicação e endomarketing. 26. Administração de talentos humanos e do capital intelectual.

27. Qualidade de vida, saúde e ergonomia. 28. Avaliação de performance e competências. 29. Consultoria Interna e Externa de Recursos Humanos: 29.1. Bancos de dados e sistemas de informações de RH. 30. Carreira e Perfil do Gestor de Pessoas. 31. Comportamento humano nas organizações: 31.1. Motivação, conflito e negociação, liderança, comunicação; 31.2. Clima organizacional; 31.3. Cultura organizacional, equipes de trabalho; 31.4. Gestão da diversidade.

32. Dinâmica dos grupos. 33. Administração de Materiais e Patrimônio: 33.1. Conceito e evolução; 33.2. Gestão de estoques e depósito; 33.3. Tipos de estoques; 33.4. Compras e pedidos; 33.5. Modelos e sistemas de compra; 33.6. Cadeia de suprimentos e logística; 33.7. Funções, objetivos, custos e previsão de estoques; 33.8. Níveis de estoques; 33.9. Classificação de estoques; 33.10. Lote econômico; 33.11. Sistema e avaliação e controle de estoque; 33.12. Negociação e fontes de fornecimento; 33.13. Demanda, Just in time e Kanban; 33.14. Gestão de Patrimônio; 33.15. Bens e equipamentos. 34. Teorias da Administração.

 

Divulgação do resultado Concurso UFT 2018

O resultado do Concurso e outras etapas do processo de seleção são divulgados pela Copese/UFT e noticiados aqui no Concursos em Pauta.

Para quem pretende tentar uma vaga no Concurso da UFT é necessário ficar atento ao cronograma. Além das datas de inscrição e provas, a Copese/UFT também divulga a data do resultado: 14/06/2018.

Outra data importante é a do gabarito, publicado, geralmente, logo após a realização das provas.

Para você não perder nada, confira a ficha resumida do concurso, elaborada pelo Concursos em Pauta.

Concurso UFT – Edital 2018-2
Cargos: Técnico de Laboratório/ Área: Anatomia, Necropsia e Patologia Humana (1), Técnico de Laboratório/Área: Edificações (1), Técnico de Laboratório/Área: Fitossanidade (1), Técnico de Laboratório/
Área: Herbário (1), Técnico de Laboratório/ Área: Morfofuncional (1), Técnico de Tecnologia da Informação (1), Técnico de
Laboratório/Área:Geoprocessamento e Geocartografia (1), Assistente em Administração (1), Técnico em Agropecuária (1), Analista de Tecnologia da Informação (1), Arquivista (1), Assistente Social (3), Bibliotecário/Documentalista (1). Engenheiro/Área: Civil (1), Engenheiro/Área: Elétrico (1), Pedagogo (1) e Administrador (2)
Inscrições06/04/2018 a 22 de abril de 2018
Provas20 de maio de 2018
Resultado14/06/2018
Taxa inscriçãoR$ 100 a R$ 130
Salário: R$ 2.446 a R$ 4.18020 vagasOrganizadora: Copese/UFT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here